A história da inclusão de alunos com necessidades educativas especiais no ensino regular tem sido um tema cada vez mais debatido nos ambientes nas últimas décadas, apresentando-se como determinante para a definição de políticas públicas educacionais em todos os níveis: nacional, estadual e municipal. Apesar de se perceber um avanço significativo em termos de políticas para a educação especial, percebe-se por outro lado a exigência de muitas dificuldades por parte dos professores/servidores para sua efetivação pratica. Contudo, ainda encontramos diversas dificuldades, como a adaptação de prédios escolares das universidades para acesso e permanência de alunos portadores de necessidades especiais, sobretudo, em cursos de graduação e pós-graduação. A partir desta compreensão, a capacitação do servidor público da UFRJ é fundamental para a promoção da acessibilidade do aluno portador de necessidades especiais aos ambientes universitários da UFRJ